Texto: Leonardo Nunes (Secom) / Fotos: Alex Ribeiro (Ag.Pará)

O governador Helder Barbalho inaugurou, nesta quinta-feira (08), a nova estrutura da feira municipal conhecida como “Feira da Japonesa" José Gomes de Oliveira, em Capitão Poço, nordeste paraense. A obra foi executada por um convênio firmado entre o Governo do Estado e a prefeitura local.

O novo equipamento vai ajudar na economia com a comercialização de produtos locais e o abastecimento da cidade, que é composta por mais de 64 mil habitantes, de acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE).

“É o Governo do Estado trabalhando pelos moradores das zonas rural e urbana trazendo infraestrutura urbana, investindo em educação e nos setores agrícola e de abastecimento. São obras estruturantes fundamentais para cuidar da população e vamos continuar com uma nova parceria com estrutura para mais uma Feira na cidade que está sendo elaborada”, adiantou o governador.

Iniciada em maio de 2020, a obra de reconstrução da feira contou com investimento estadual de R$ 1,125 milhão. O novo espaço coberto garante mais segurança e conforto, além de mais estrutura para que os comerciantes que irão atuar nos 28 boxes construídos para vender os seus produtos, fomentando a economia local.

A feirante Kirliane da Conceição Souza é só alegria com o novo espaço para trabalhar. “Ficou muito melhor. Trabalhávamos em área aberta com muita chuva e sol. Esperamos que melhore financeiramente com as vendas de nossos produtos. Estou muito feliz”, comentou. 

“Trabalharemos do lado de fora. Era muito sol e para quem vender verduras isso não é bom pois são sensíveis. Nós que ganhamos esse novo espaço estamos de parabéns e só temos que agradecer. Também ganham os clientes que são atendidos em um lugar mais confortável”, completou a feirante Francisca Antonieta.

Já a moradora Elizângela Barros, moradora do município, comentou que a conclusão da obra do novo espaço valorizou a região com melhoria da infraestrutura local. “Veio só para melhorar cada vez mais. Antes não tinha saneamento básico, era um esgoto a céu aberto. Agora está 100%. Não tem nem como comparar”, comemorou.

 

Veja Também