Por Lilian Guedes (SEDOP) | Fotos: Marcelo Seabra (SECOM)

 

 

"Com um investimento de mais de R$750 mil, a estrutura será completamente modificada, onde será feita a ampliação e reconstrução do espaço"

 

Às margens do rio Tocantins, feirantes que trabalham no Mercado da Vila de Curuçambaba, no município de Cametá, vão contar com uma estrutura melhor e um espaço totalmente reconstruído e ampliado pelo Governo do Estado. A obra será custeada com recursos estaduais e municipais por meio de um convênio entre prefeitura e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEDOP). 

A obra vai beneficiar tanto os trabalhadores do local quanto os clientes, que passarão a fazer suas compras em um ambiente mais apropriado e compatível com as normas sanitárias, como explica o governador Helder Barbalho, presenta no município. 

Prefeitura agindo para melhorar o ambiente de comercialização dos produtos, através do novo mercado do Curuçambaba e o Governo do Estado fortalecendo o sistema de segurança, apoiando os agentes de trânsito e as guardas municipais, equipando as estruturas dos municípios para que, de maneira integrada, todos nós trabalhemos para garantir paz para a população”, disse o chefe do executivo estadual. 

O município de Cametá conta com 134.734 habitantes e entre suas principais atividades está o comércio do açaí, farinha e a pesca que fortalece a economia na região. Para o prefeito Vitor Cassiano, o investimento do Estado fortalece a economia local.

“É um momento de muita alegria por nós estarmos sendo agraciados, recebendo hoje, do governo do Estado do Pará, através do nosso governador Helder Barbalho, mais uma obra para o nosso município de Cametá, município importante para esse Estado. Chegou o momento de avanço, de cidadania, trabalho e toda essa população que é muito digna e merece muito, pois é oriunda de uma região muito produtora, de pessoas que residem, em sua maioria na zona rural, do nosso açaí, da nossa pimenta e o nosso Marapá”, disse o prefeito.

Com um investimento de mais de R$750 mil, a estrutura será completamente modificada, onde será feita a ampliação e reestruturação do espaço com a instalação de uma nova cobertura metálica, novos pisos, portas em alumínio nos banheiros, claridade e ventilação, entre outros serviços que são necessários para proporcionar um ambiente mais adequado e higiênico-sanitário para os feirantes e consumidores, como relata seu Carlito Mendes, fiscal do complexo.

“A estrutura física do nosso mercado não está nada boa, o piso não presta, os boxes todos quebrados, podres. Estamos nessa situação há bastante tempo e é o único mercado aqui da Vila. A gente espera que esse projeto traga melhorias para a gente, esperamos ver ele ampliado, bonito, para que possamos continuar produzindo. Estamos felizes com a notícia”, disse seu Carlito.

 

A iniciativa do Estado vai valorizar o espaço, obedecendo as normas sanitárias, fomentando o turismo e garantindo mais conforto, melhores condições e comodidade, como relata dona Maria de Fátima, frequentadora assídua do Mercado. 

“Eu espero que fique uma coisa mesmo de outro mundo, sabe, diferente desse ambiente que a gente está vivendo e de muitos outros anos. Nunca houve uma melhoria digna n espaço. Eu sou cliente de frequentar todos os dias, três, quatro vezes no dia, eu passo por dentro do mercado e não é um ambiente muito conveniente porque está desordenado, mas com a esperança que vai chegar para nós agora e que tudo vai mudar. Isso é muito bonito”, disse a moradora. 

Veja Também