Por Bruno Magno (CPH) | Fotos: Marco Santos

 

"Governador Helder Barbalho fez uma visita técnica ao local e ressaltou a importância das obras para a economia do município"

As obras, com impactos econômicos e turísticos, geram empregos no municípioAs obras, com impactos econômicos e turísticos, geram empregos no municípioFoto: Marco Santos / Ag. Pará

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Obras Públicas (Sedop), deve entregar até o final de dezembro deste ano as obras de urbanização da orla e o muro de arrimo da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, município do nordeste paraense, que já estão 85% concluídas.

"A obra está ficando pronta e representa uma maior infraestrutura para a área da pracinha, um novo ponto para impulsionar a geração de emprego e renda a partir do turismo, essa vocação extraordinária de Salinas. Com a beleza da natureza, do Oceano Atlântico, vamos fazer desse local um espaço estruturado, para que a população possa usufruir da beleza da vista, e sendo um novo ponto de encontro da população que mora em Salinópolis ou para os que visitam a cidade", destacou o governador Helder Barbalho durante visita técnica à obra, na tarde desta sexta-feira (04).


Com um investimento superior a R$ 56 milhões, a obra fica no espaço da antiga pracinha. A área revitalizada tem aproximadamente 800 metros de extensão na linha da Praia do Maçarico, e uma área de urbanização em torno de 16 mil metros quadrados (m²). Atualmente, estão sendo realizados os trabalhos de acabamento, o que mobiliza quase 100 operários contratados no município.

"É uma obra muito boa pra gente. Abriu oportunidades de empregos para jovens, e estamos aqui trabalhando e fazendo nosso melhor. É uma satisfação muito grande", afirmou o operário Mateus Costa, 20 anos, morador de Salinópolis.

A nova orla será um novo equipamento para atrair visitantes ao município mais procurado na costa atlântica paraense A nova orla será um novo equipamento para atrair visitantes ao município mais procurado na costa atlântica paraenseFoto: Marco Santos / Ag. Pará
Foto: Marco Santos / Ag. Pará

A obra também abriu oportunidades para Fábio dos Santos Filho, 20 anos. Para ele, "é uma felicidade imensa. É uma obra que vai trazer muitos turistas de São Paulo, Rio de Janeiro, de todos os lugares. Aqui vai ficar igual ao Atalaia, que já é reconhecida. Vai ser mais um espaço. Aqui era muito ruim, abandonado. Uma obra que vai trazer benefícios para nossa cidade. É uma oportunidade muito boa que o governo está dando".

Revitalização - A intervenção vai tornar o local um equipamento de integração urbana e social, reorganizando o traçado e oferecendo um espaço de convivência e lazer à população local e aos turistas.

Governador Helder Barbalho durante a visita técnica às obras em SalinasGovernador Helder Barbalho durante a visita técnica às obras em SalinasFoto: Marco Santos / Ag. Pará
Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Novos postes tornam a praça um lugar atrativo e seguro no período noturno, além de quiosques, que podem ser usados apenas como abrigo ou para instalações de lanchonetes terceirizadas, academia ao ar livre e parque infantil. Também estão sendo feitas áreas de contemplação para o mar e escadaria de acesso ao segundo patamar.

 

Contenção - O muro de arrimo vai servir de contenção de aterro com alturas variáveis, ao longo do comprimento. A infraestrutura terá estacas-pranchas como fundação, enquanto a parte superior vai conter o aterro. Serão utilizados tirantes para compor a segurança contra deslizamentos, a fim de suportar os empuxos de terra provenientes do aterro.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Foi feito ainda o sistema de drenagem, com colocação de drenos - tubos PVC rígidos devidamente ancorados e posicionados na parede do cais, revestidos do lado de dentro do muro com manta geotêxtil para retenção de partículas sólidas que, porventura, venham a ser levadas pelas águas pluviais.

"Aqui nós tínhamos uma orla deteriorada em função das marés, que destruíam tudo. Então, foi feito um trabalho de contenção ao longo de toda a orla. Esses perfis de proteção têm uma garantia de 50 anos do fabricante. Ficou um trabalho bem feito. A orla ficou elevada em torno de 3 metros, e também tivemos uma ampliação da Avenida Beira-Mar, que tinha 9 metros e vai passar para 13 metros. Teremos estacionamento, ciclofaixas e áreas de lazer para a população, nessa obra que vai mudar a cara da Praia do Maçarico", explicou Roberto Cinese, gerente de contrato da obra.

Turismo - O município de Salinópolis fica a cerca de 220 quilômetros de Belém, na costa atlântica paraense, na região Nordeste. Mais conhecido como Salinas, o município é um dos destinos de veraneio mais procurados no Estado, principalmente em feriados e meses de férias (janeiro e julho). Hotéis, pousadas e bares se concentram na orla central e na Praia do Atalaia, a mais frequentada, fazendo do turismo a grande vocação econômica do município.

Também participaram da visita o prefeito de Salinópolis, Carlos Alberto de Sena Filho (Kaká Sena); a primeira-dama do Estado, Daniela Barbalho; o senador Jader Barbalho; a deputada federal Elcione Barbalho e a deputada estadual Paula Gomes.

 

 

Veja Também