Texto: Larissa Noguchi (Secom) / Fotos: Bruno Cecim (Ag. Pará)

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), por meio da Diretoria de Mobilização e Articulação Comunitária, promove cursos de capacitação profissional para jovens que moram na área da bacia do Tucunduba, em Belém, onde é realizada a obra de macrodrenagem. Nesta segunda-feira (20) iniciaram as aulas dos cursos de operador de caixa e atendente de farmácia, para capacitar os jovens para o mercado de trabalho 

Segundo Vanessa Catete, diretora de Mobilização e Articulação Comunitária, os cursos começaram a ser oferecidos em março, com turmas de 20 pessoas cada. Mas devido à pandemia de Covid-19 houve desistência de alunos, e o retorno só agora, em julho. “O trabalho técnico social que temos no Tucunduba é voltado para o empreendedorismo, para que as pessoas tenham qualificação e conquistem o mercado de trabalho”, disse a diretora. 

Atualmente, uma turma foi formada com nove participantes inscritos para o curso de atendente de farmácia e quatro para operador de caixa. Além dos cursos, a Diretoria também promove ações socioeducativas com abordagens sobre contexto histórico, ambiental e regional, com participação e controle social, envolvendo cerca de 5 mil famílias.

Avanço nas obras - As obras de macrodrenagem do Tucunduba realizadas pelo governo do Estado entraram em nova fase na última quinta-feira (16), com o início da pavimentação asfáltica do trecho entre as ruas dos Mundurucus e 2 de Junho. As intervenções, que visam acabar com décadas de transtornos por causa dos constantes alagamentos, vão beneficiar moradores de cinco bairros influenciados pela bacia, e devem ser concluídas em 2022. No entanto, há etapas com previsão de entrega já para o primeiro semestre do próximo ano

projeto também resolverá problemas de alagamentos em canais influentes como os da Travessa Timbó, Vileta e Gentil Bittencourt. A previsão de conclusão da obra é em 2022.

Serviço: Pessoas interessadas nos cursos profissionalizantes devem procurar a Direção de Mobilização e Articulação Comunitária da Sedop, pelo número (91) 3183-0072 ou no canteiro de obras do Tucunduba, localizado na Rua Silva Rosado esquina com a Rua da Olaria.

 

 

Veja Também