O novo prédio da Escola Municipal Professora Raimunda Amaral Marques fica às margens do Rio Limoeiro, região ribeirinha do município de Limoeiro do Ajuru, no nordeste do Estado. As obras foram concluídas em janeiro deste ano pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), a partir do convênio com a prefeitura municipal. 

Ao todo, foram investidos R$ 786 mil, com o intuito de retirar os estudantes da antiga área escolar, Bernardo Dias, para um espaço adequado de ensino. 

“Essa é uma obra antiga, que seguiu lentamente. Quando o governador Helder Barbalho assumiu, houve uma tratativa para que conseguíssemos a conclusão dos serviços, levando em consideração a necessidade dos moradores da região”, disse o secretário adjunto de gestão e desenvolvimento urbano, Valdir Acatauassu.

O espaço começou a ser construído em junho de 2016, com o intuito de atender 400 famílias que, hoje, residem na localidade.

“As crianças do Rio Limoeiro cursavam o ensino fundamental e infantil em situações anômalas, com várias dificuldades, incluindo a falta de estrutura. A parceria com o Estado possibilitou um novo local para as famílias colocarem seus filhos. Além disso, conseguimos também avançar na educação do nosso município”, explicou o prefeito, Carlos Ernesto da Silva.

A escola ofertará seis salas de aula, cozinha, espaço de convivência, banheiros e aulas nos turnos da manhã e da tarde. Atualmente, a escola deve atender 155 crianças, com idade entre 4 e 11 anos, das regiões ribeirinhas de Rio Limoeiro, Remansão e Cruzeiro. Mas, a previsão é que, até o final deste ano o número de alunos aumente para 170.

Mais educação – Dona Ivone Duarte tem cinco filhos em idade escolar e mora há 39 anos na comunidade do Cruzeiro. Segundo ela, a educação na região vai melhorar. “Meus filhos todos estudaram na escola e dependiam de uma instituição com pouca estrutura. Agora, os alunos terão mais segurança, além de melhores condições de aprendizado”, finalizou.

Veja Também