Texto: Matheus Rocha (Sedop) / Fotos: Alex Ribeiro (Ag.Pará)

O governador Helder Barbalho visitou na manhã desta quinta-feira (14) o terreno onde será construído um novo Pronto Socorro Municipal, na avenida Augusto Montenegro, no bairro do Benguí, em Belém. Helder esteve acompanhado pelos secretários estaduais de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Ruy Cabral, e da Saúde Pública (Sespa), Rômulo Rodovalho. 

Localizado no Km 9 da avenida Augusto Montenegro, ao lado da sede do Instituto de Terras do Pará, o novo Hospital Pronto Socorro da capital será mais um ponto de referência para atendimentos em urgência e emergência.

A unidade hospitalar terá 110 novos leitos para reforçar a estrutura pública de saúde da Região Metropolitana de Belém, desafogando unidades como o Hospital e Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti e o Pronto Socorro Municipal do Guamá. 

"É uma satisfação grande visitar o terreno onde será construído um novo Pronto Socorro para a Região Metropolitana. Esta é uma localização estratégica, às margens da Augusto Montenegro, para atender pacientes de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara e, principalmente, esta região da capital, do Benguí, Tapanã, Outeiro e Icoaraci”, afirmou o governador Helder Barbalho.

O edital para a contratação da empresa responsável pela construção do novo hospital foi publicado na última quarta-feira (13). De acordo com o titular da Sedop, Ruy Cabral, a expectativa é anunciar a empresa vencedora do certame em até 90 dias. O investimento é de R$ 160 milhões, e o secretário informou que a Sespa garantirá a aquisição de equipamentos e mobília para a nova unidade de saúde.

“Esta é uma obra de extrema importância para o município de Belém. É um compromisso do Governo para ampliar a saúde e o atendimento em toda a Região Metropolitana. A obra terá início tão logo seja concluído o processo licitatório. Vamos reunir esforços para que ela seja concluída em, no máximo, dois anos. É um grande benefício que vai trazer assistência, conforto e melhor atendimento de saúde para os paraenses”, declarou o titular da Sedop. 

O secretário estadual de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, também, aprovou o local do futuro equipamento de saúde. “Pudemos conhecer in loco e visualizar a estrutura que será montada para atender a população”. 

Segundo o titular da Sespa, são feitas tratativas entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Belém (PMB) para que, conforme o avanço das obras, sejam fechadas parcerias que possam garantir o pleno funcionamento do Hospital.

Veja Também