Texto e imagens: Matheus Rocha e Sérgio Rodrigues (Sedop)

As obras do Projeto de Macrodrenagem da Bacia do Tucunduba, executado pelo Governo do Estado em Belém, receberam nesta quarta-feira (24) a visita da Comissão de Acompanhamento de Obras (CAO), formada por moradores representantes das comunidades beneficiadas, para acompanhar o desenvolvimento do projeto de saneamento e urbanização.

A Comissão visa ser um elo na comunicação entre o Governo do Estado e a população dos bairros que serão beneficiados pela macrodrenagem da Bacia do Tucunduba. O acompanhamento presencial da obra pela comunidade estava suspenso por conta da pandemia de Covid-19, e agora é retomado de forma gradativa.

Segundo o presidente da CAO, Sílvio Costa, a expectativa da população é grande pela conclusão da obra. “É notório o ritmo acelerado do andamento do projeto. Reafirmo a satisfação em ver o avanço significativo da macrodrenagem do Tucunduba”, disse o morador.

Sugestões - Durante a visita, os moradores foram acompanhados por engenheiros da empresa responsável pela execução do projeto e por representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop). Para Vanessa Catete, diretora de Mobilização e Articulação Comunitária da Secretaria, o papel da comunidade no desenvolvimento da obra é muito importante. “Eles acompanham todo o desenvolvimento do projeto. Nada melhor do que a própria comunidade para informar as suas necessidades. Todas as sugestões feitas por eles são avaliadas e, quando possível, incluídas no projeto” afirmou a diretora.

Atualmente, a obra está sendo realizada paralelamente em três trechos. No primeiro, compreendido entre as ruas São Domingos e dos Mundurucus, está sendo finalizado com a construção da Estação de Tratamento de Esgoto do Riacho Doce, que vai receber dejetos dos bairros atendidos pela macrodrenagem. 

As obras também estão em curso no segundo trecho, que vai da Rua dos Mundurucus à Rua 2 de Junho, com serviços de terraplanagem, adequação de bases e instalação de pontes ao longo do canal. O prazo para a conclusão desta etapa é março de 2021.

Também está sendo iniciado o trabalho no terceiro trecho do projeto, que vai da Rua 2 de Junho até a Travessa da Vileta. A previsão de conclusão total do Projeto de Macrodrenagem da Bacia do Tucunduba é fevereiro de 2022.

Veja Também