Texto: Giovanna Abreu (Secom) / Foto: Divulgação

Um prédio moderno, com tratamento diferenciando e atendimento voltado exclusivamente ao público feminino. Assim será o Hospital Público da Mulher Senhora de Nazaré. O projeto já está em fase de ajustes finais. "Estamos na fase de contratação dos projetos e, entre 60 a 90 dias, nós finalizaremos e encaminharemos o processo para o setor de licitação, para que realizem a contratação da empresa executora da obra”, informa o secretário adjunto de Gestão e Obras da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Arnaldo Dopazo. 

A unidade de saúde especializada será de média e alta complexidade, preparada e equipada para tratamentos oncológicos. Ao todo, são previstos 120 leitos, que serão distribuídos em 100 leitos operacionais de urgência e emergência com atendimento de alta complexidade e 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O hospital atenderá cirurgia geral e oncológica, mastologia geral e oncológica, além de ser equipada com aparelhos de ressonância, raio-X, mamografia, tomografia e eletrocardiograma. O valor estimado, entre obra e equipamentos, é de 120 milhões de reais.

De acordo com Arnaldo Dopazo, a previsão de execução da obra é de cerca de 18 meses. “Será um prédio moderno que atenderá todas as normas vigentes das legislações da Vigilância Sanitária, Ministério da Saúde e dos órgãos de segurança. É um projeto de fundamental importância para o Estado que oferecerá atendimento adequado, rápido e exclusivo para as mulheres”, garante. 

“O Hospital Público da Mulher será uma unidade de referência que oferecerá atendimento médico, psicológico e assistencial às mulheres paraenses" - Arnaldo Dopazo, secretário adjunto de Gestão e Obras da Sedop. 

Serviço - O 1º Hospital Público da Mulher no Pará será erguido na avenida Gentil Bitencourt, nº 2.175, onde funciona atualmente a sede do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep). O governador Helder Barbalho assinou o decreto autorizando a doação do prédio estadual para a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que de forma integrada com a Sedop, elabora o plano de necessidades que constarão no projeto executivo para a licitação da obra. 

Investimentos – A área da saúde é prioridade para o governo do Pará. Desde o início da atual gestão, seis hospitais foram entregues no Estado: Hospital Abelardo Santos, no distrito de Icoaraci, em Belém; Hospital Regional dos Caetés, em Capanema; Hospital Santa Rosa, em Abaetetuba; Hospital Regional do Tapajós, em Itaituba; Hospital Regional de Castanhal e Hospital Regional de Castelo dos Sonhos, em Altamira.

A iniciativa tem como objetivo desafogar as superlotações dos atendimentos nas unidades de saúde na capital e oferecer um atendimento mais próximo e de qualidade para a população.

 

Veja Também