As obras do sistema de abastecimento de água de Concórdia do Pará, no nordeste do Estado, devem ser concluídas até o final deste mês. A informação foi confirmada na tarde de terça-feira (3), durante visita técnica de uma equipe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop) no município.

“Estamos dando prioridade para concluir obras que, há anos, vêm se arrastando no Estado. O sistema deve levar água de qualidade aos moradores de Concórdia e queremos que este serviço seja estabelecido e inaugurado o quanto antes”, disse o secretário executivo da Sedop, Ruy Cabral. A previsão é que o sistema beneficie 2.100 famílias, abastecendo dez bairros da cidade: Centro, Ramiro Paz, São Pedro, Bairro Novo, Nova Aurora, Guadalupe, Pedro Pinheiro, Evaldino, Menino Jesus e Mário Couto.

As obras são realizadas pela Sedop, em parceria com a prefeitura local, através do convênio entre Estado e Fundação Nacional de Saúde (Funasa). O total de investimentos chega a R$ 2.700.000,00.

“É um serviço que vai beneficiar os bairros mais antigos da cidade. Então, estamos nos esforçando muito para que ele seja adiantado e para dar retorno à população. Temos, até o momento, apenas microssistemas de água. Esse será grandioso e vai beneficiar uma boa parte dos nossos moradores”, complementou a vice-prefeita de Concórdia, Elisângela Celestino.

No local, estão sendo finalizadas as obras de ligação das residências aos hidrômetros. O sistema realizará os serviços de captação, reservação e distribuição da água à população.

Microssistema – Em Aurora do Pará, no sudeste paraense, as obras do microssistema de abastecimento de água devem ser concluídas até o final deste ano. O serviço contará com mais de 6.900 metros de rede, que ligará o sistema a 349 residências.

Os trabalhos iniciaram em 2015 e seguiram paralisados nos dois anos seguintes. Atualmente, segue em ritmo acelerado, com 98% das obras concluídas. O microssistema contará com um reservatório com capacidade para 20 mil litros, além dos serviços de captação, reservação e distribuição de água aos moradores do bairro Manelândia.

O morador Livenaldo Silva será um dos beneficiados. A expectativa é que o abastecimento que, hoje, é ofertado à população, passe por melhorias após a inauguração do microssistema. “A gente espera que melhore. Queremos que este processo novo traga água de qualidade para as nossas casas”, pediu.

Ao todo, estão sendo investidos pelo Estado, a partir do convênio com a Funasa, mais de R$ 580 mil na obra.

 

Veja Também