18/07/2019 14h10 - Por Michelle Daniel (NGTM)

O Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) concluiu, nesta quinta-feira (18), a iluminação provisória na via. A medida não estava prevista no projeto, mas o atual governo determinou que fosse incluída, para atender a necessidade dos que moram nas proximidades e trafegam diariamente na rodovia. O item precisou ser submetido à análise da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) – financiadora de 78% das obras –, o que gerou um acréscimo financeiro no contrato.

A iluminação é feita com o posteamento nas laterais da BR. Ao todo, foram 120 luminárias instaladas, 60 em cada sentido. Vale ressaltar que os postes que estiverem com lâmpadas queimadas são de responsabilidade da prefeitura. O NGTM esclarece, ainda, que a obra de requalificação da rodovia prevê uma nova iluminação no canteiro central e nas laterais em quase 11 km da BR.

Alguns postes do canteiro central da rodovia precisaram ser retirados por conta da construção das estações de passageiros (já são 6 frentes de obras em andamento). A iluminação provisória está exatamente nesses trechos, nas laterais, a partir do viaduto do Coqueiro (sentido Belém-Ananindeua) e durará ao longo de toda a execução dos trabalhos.