Hospital Geral de Abaetetuba será entregue pelo governo no primeiro trimestre de 2018
Menu

Hospital Geral de Abaetetuba será entregue pelo governo no primeiro trimestre de 2018

  • Written by 
Hospital Geral de Abaetetuba será entregue pelo governo no primeiro trimestre de 2018

A população de Abaetetuba contará com um novo e moderno hospital já no primeiro trimestre de 2018. As obras civis do Hospital Santa Rosa, que passa por um projeto de ampliação e reforma, já chegaram a 80% de conclusão geral e devem ser finalizadas até o dia 31 de janeiro do próximo ano.

Atualmente, 60 operários trabalham no local realizando serviços de acabamento interno, montagem da subestação de energia, construção do estacionamento, trabalhos na estação de esgoto e finalização da construção do pórtico de entrada do hospital.

Com uma área construída de 5.878 m² inserida em um terreno de 23.483 m², o hospital é dividido em oito blocos e terá 97 leitos, sendo 72 operacionais, 20 complementares (10 de UTI adulto e 10 de UTI neonatal) e mais cinco PPP’s (pré-parto, parto e pós-parto), para a realização de parto humanizado.

O Hospital Municipal Santa Rosa, localizado na Avenida Pedro Rodrigues, no bairro de Santa Rosa, em Abaetetuba, contará também com serviços de internação obstétrica, internação pediátrica (com playground e brinquedoteca), internação cirúrgica, internação clínica, centro cirúrgico com três salas de cirurgia, seis consultórios médicos, laboratório de análises clínicas, métodos gráficos e apoio diagnóstico e banco de leite humano.

Executada com recursos do tesouro do Estado no valor de R$ 18,22 milhões, sendo R$ 8 milhões para a compra de equipamentos, essa não é a única obra que o Governo do Pará vem realizando na área da saúde. Além de Abaetetuba, Barcarena também terá um novo hospital, o Materno Infantil, que também está com obras adiantadas.

Também estão em andamento as obras do Hospital Regional de Itaituba, que terá 180 leitos; do Abelardo Santos, em Icoaraci, com 269 leitos; do Hospital Regional de Castanhal, com suporte avançado em várias especialidades, inclusive oncológica, e o Materno Infantil de Capanema, com 60 leitos.

Estão sendo construídas, ainda, outras unidades que funcionarão como hospitais de retaguarda, na assistência à população dos municípios de Mojuí dos Campos, Novo Progresso, Castelo dos Sonhos (distrito de Altamira), Ipixuna do Pará, Garrafão do Norte, Abaetetuba, Barcarena, Concórdia do Pará e São Caetano de Odivelas. Reforçam essa frente de trabalho as obras de ampliação do Hospital Regional de Marabá.

O secretário de Saúde da Sespa, Vitor Mateus, destaca o trabalho que o Governo do Estado vem fazendo. “O governador teve a decisão de investir os recursos do tesouro em construção, reformas e ampliações de vários hospitais, canalizando recursos para executar e implantar essas unidades hospitalares, pois é prioridade para ele. Somando todos esses empreendimentos, temos 18 unidades que estão sendo ampliadas ou construídas para dar suporte à rede de saúde do Estado”, finalizou Vitor Mateus, da Sespa.

Por Heloá Canali

back to top

Institucional

Acessibilidade

Imprensa

Interno

Telefone

  • Geral
  • 3183-0020